Notícias

Após morte confirmada, Saúde entra em alerta máximo contra a febre amarela

Tão logo recebeu a confirmação da morte de um morador da cidade por febre amarela, a Secretaria de Saúde entrou em alerta máximo para proteger a população de um surto da doença. Principal medida nesse sentido foi ampliar os esforços para vacinar todos os goianaenses que ainda não foram imunizados. Por isso, a responsabilidade de cada um é muito grande. Todos precisam fazer a sua parte e buscar a devida proteção.

Para facilitar o acesso, a Sala de Vacina do PSF está funcionamento de segunda à sexta-feira de 8 às 15:30 horas. No próximo sábado, dia 20 também haverá atendimento, de 8 às 17 horas. Outra providência é ampliar o repasse das informações por meio de um comunicado oficial publicado nos meios de comunicação da cidade, aqui no portal do município e nas redes sociais.

Diante da situação de perigo, agora os idosos e as gestantes também devem comparecer ao PSF, onde passam pela avaliação do médico, que libera ou não a aplicação da vacina. Alerta também para as pessoas que não moram em Goianá, mas pretendem viajar para cidade. Caso a pessoa ainda não esteja imunizada, a recomendação é tomar a vacina com, no mínimo, 10 dias de antecedência.

Outra dúvida recorrente diz respeito à necessidade de reforço. De acordo com protocolo divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde, apenas uma dose da vacina é o suficiente para proteger por toda a vida. Portanto, quem já foi vacinado não precisa repetir a dose. Mas, para aqueles que não sabem ou não lembram se já foram vacinados, a recomendação é comparecer à UBS.