Notícias

Em reunião, Executivo detalha dívida do Estado com Município e solicita apoio dos vereadores

Diante da grave crise financeira vivida pelos municípios brasileiros, a atuação conjunta dos poderes Executivo e Legislativo se tornou uma questão crucial para vencer as dificuldades. Foi essa visão que levou à realização de um encontro ontem, dia 30 de outubro, envolvendo a Prefeitura e a Câmara Municipal de Goianá.

Os vereadores presentes à reunião ouviram do prefeito Estevinho Barreiros e do vice, Paulo Roberto de Assis uma explicação detalhada a respeito das dificuldades financeiras vividas pelo Município. O quadro é consequência direta do atraso nos repasses constitucionais devidos pelo Governo de Minas aos municípios.

O prefeito e demais integrantes da equipe explicaram aos parlamentares que, no caso de Goianá, a dívida já chega a R$ 1 milhão. Os recursos são indispensáveis para manter serviços essenciais em funcionamento.

O setor mais prejudicado é a Saúde, para a qual o Estado deve R$ 533 mil. Também estão incluídos no débito repasses atrasados para o Piso Mineiro da Assistência Social e para o transporte escolar, além de parcelas vencidas do FUNDEB, do IPVA e do ICMS.

Para contornar o quadro, o grupo da Administração Municipal esclareceu que várias medidas estão sendo tomadas, visando reduzir as despesas e manter os serviços essenciais em funcionamento.

“Trata-se de um esforço de todos pelo bem da cidade. Por isso, é essencial contarmos com a compreensão da população e da Câmara Municipal, apoiando e colaborando para a implementação das medidas. São providências que, apesar de indesejáveis, se tornam essenciais nesse momento”, afirmou o prefeito Estevinho Assis.

Além do prefeito e do vice-prefeito, a Prefeitura foi representada pelo chefe de Gabinete Waltenberg Ferreira (Beguinho) e pelos secretários Lúcio Alvim (Saúde), Inácio Marques (Obras) e Fabiano Borges (Desenvolvimento Econômico). Pela Câmara Municipal, compareceram os vereadores Geraldo Célio, Serginho dos Dias, Paulo Sérgio Braga Dib (Pelinha), André Ladeira e Derly Ribeiro.

Servidores também serão bem informados

Outro evento programado pela Administração Municipal terá como tema a crise financeira e as medidas adotadas para superar a falta de recursos. Será realizada amanhã, dia 1º de novembro, uma reunião com os servidores de todos os setores da Prefeitura. O encontro está marcado para as 17 horas, na Sala da Banda, que fica nas dependências do Centro Cultural.