Notícias

Goianá segue campanha nacional e vacina contra a gripe

Goianá está em sintonia com o resto do País no combate à gripe, ao integrar a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza. Até o dia 26 de maio a vacina estará à disposição na Unidade Básica de Saúde para as pessoas que estão nos grupos prioritários.

Seguindo o calendário do Ministério da Saúde, o dia “D” de combate à doença será o sábado, 13 de maio, quando UBS funcionará em horário especial, a exemplo dos demais municípios do restante do País.

A meta é vacinar 54,2 milhões de pessoas em todo o Brasil. Este ano, a novidade da campanha é a inclusão dos professores da rede pública e privada no público alvo, com direito a receber a imunização gratuitamente no SUS. A contraindicação é para quem tem alergia severa a ovo.


Confira quem recebe a vacina pelo SUS
  • Crianças de 6 meses a menores que 5 anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias)
  • Gestantes
  • Puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto)
  • Idosos (a partir de 60 anos)
  • Profissionais da saúde
  • Povos indígenas
  • Pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional
  • Portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade
  • Professores de escolas públicas ou privadas
Três subtipos

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina oferecida nos postos de saúde protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B.

No total, 60 milhões de doses de vacinas foram adquiridas, sendo que 21,1 milhões de doses já foram distribuídas aos estados.

Os grupos prioritários devem se vacinar todos os anos, já que a imunidade contra os vírus cai progressivamente. Além disso, o vírus da gripe passa por mutações frequentes.